Fogos de artifício em Manaus teriam ligação com facção criminosa (ver vídeos)

O início da noite dessa segunda-feira (10), foi marcado pelo som de fogos de artifícios em diversos pontos de Manaus. Os fogos começaram por volta das 18h30 e assustaram muitos moradores em vários bairros.

De acordo com informações preliminares, os fogos foram estourados em comemoração a execução de Diogo Lopes Linhares, 34, conhecido por “Baixinho”, líder da facção criminosa Família do Norte (FDN).

Baixinho foi assassinado com pelo menos seis tiros, na rua Castro Alves, bairro Coroado 3, zona Leste de Manaus, no início da tarde da segunda. Ele estava dentro de um carro modelo Vectra, de cor vermelha e placas NOO-3C67, quando dois homens em uma motocicleta efetuaram os disparos.

Ao que tudo indica, os homens eram integrantes da facção rival, o Comando Vermelho (CV) e após a morte de Baixinho, os membros soltaram os fogos, disparam tiros para cima e picharam o símbolo inicial da facção para supostamente marcar o fim da FDN em Manaus.