Funcionamento do Posto no Sambódromo

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) irá manter um Posto Médico no Centro de Convenções para os dias de Carnaval. Instalado no Bloco “A” do Sambódromo, o posto funcionará com equipe médica, corpo administrativo e uma ambulância para atender ao público e foliões, durante os desfiles das Escolas de Samba e Carnaboi.

Ao todo, serão cinco dias de funcionamento com início nessa quinta-feira (8), com os ensaios técnicos das Escolas de Samba de Manaus. Na sexta-feira (9) e no sábado (10), o posto estará aberto durante todos os desfiles das Escolas de Samba do Grupo de Acesso e do Grupo Especial, respectivamente. Os trabalhos retornam na segunda-feira (12) para atender a demanda do Carnaboi. A equipe também estará de plantão na terça-feira (13), durante o Galo de Manaus.

Para cada noite, haverá uma equipe composta por dois médicos, um enfermeiro, cinco técnicos de enfermagem, dois servidores administrativos, um coordenador e um motorista de ambulância. A unidade do Sambódromo vai funcionar para atendimentos de primeiros socorros, sendo os casos mais graves transferidos para a rede de urgência e emergência do Estado.

Nessas unidades o atendimento será reforçado, com esquema diferenciado da rotina normal, segundo informou o secretário de Estado de Saúde, Francisco Deodato. “Cada uma estará reforçada para receber os atendimentos conforme as especialidades para as quais são referências. Haverá ainda unidades de apoio e leitos de retaguarda em hospitais, caso haja necessidade”, disse.

Após o atendimento inicial no posto do Sambódromo, caso haja necessidade, os pacientes serão transferidos para os Serviços de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, na Compensa, e do São Raimundo, ambos na zona oeste. As duas unidades serão de apoio à demanda das festas. Já o SPA Alvorada, zona centro-oeste, ficará reservado para atender a demanda livre. A transferência será feita por cinco ambulâncias, sendo uma da Susam e outras quatro do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), além de contar com apoio do Corpo de Bombeiros.

Em casos de maior complexidade, o Pronto-Socorro 28 de Agosto, no bairro Adrianópolis, zona centro-sul, será referência para pacientes adultos com queimaduras, enquanto o Pronto-Socorro da Criança Zona Sul, na Cachoeirinha, será para crianças vítimas de queimaduras; o Platão Araújo será referência para traumas e o João Lúcio para atendimentos neurológicos. Ambas as unidades estão na zona leste e também estarão atendendo a demanda livre.

As demais unidades funcionarão como apoio. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campos Sales, no Tarumã, zona oeste, será apoio do Hospital e Pronto-Socorro da Zona Norte, no Novo Israel, que, junto com os hospitais Adriano Jorge e Beneficente Portuguesa vão dar reforço, com leitos de retaguarda, aos prontos-socorros, caso haja necessidade de transferências.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/SUSAM