Funcionário é morto por supervisor após tomar café durante expediente (ver vídeo)

Caso ocorreu em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, nas instalações da empresa Sulcromo, que atua na produção de revestimentos

Um trabalhador foi assassinado pelo próprio supervisor, na manhã dessa segunda-feira (6), em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, por supostamente tomar café fora do horário definido em expediente.

O caso ocorreu nas instalações da empresa Sulcromo, que atua na produção de revestimentos. De acordo com as autoridades policiais, a vítima foi identificada como Marcelo Camilo, 36 anos.

O homem foi atingido por uma arma branca, semelhante a uma faca, utilizada como ferramenta de trabalho. A reportagem do Metrópoles procurou a Polícia Civil do Rio Grande do Sul para prestar esclarecimentos sobre o caso. De acordo com a corporação, a vítima foi socorrida e enviada ao Hospital da Unimed de São Leopoldo, mas não resistiu aos ferimentos.

“O crime teria sido motivado por uma briga entre dois funcionários da empresa por conta de horário do café. O suspeito (54 anos – 20 anos de serviço) era supervisor e não gostou que a vítima (36 anos – 03 anos de serviço) foi tomar café naquele horário, circunstância em que, munido com estoque artesanal (instrumento perfurocortante), desferiu um único golpe no tórax do seu colega de trabalho”, informou a polícia.

Imagens de câmeras de segurança que circulam nas redes sociais mostram a vítima correndo após a agressão. Veja: