Fundo Manaus Solidária realiza ação de saúde e cidadania para homens em situação de rua

O Fundo Manaus Solidária, presidido pela primeira-dama do município, Elisabeth Valeiko Ribeiro, vai realizar nesta quinta-feira (30), uma ação de saúde e cidadania para homens em situação de rua. A iniciativa vai ao encontro do Dia Nacional de Luta pela população de rua, ocorrido no dia 19 deste mês, e é uma maneira de chamar a atenção para esse problema nacional, sobretudo, das grandes cidades brasileiras. A Ação de Saúde e Cidadania para Homens em Situação de Rua será realizada na Minivila Olímpica Jair Sampaio, que fica na avenida Luis de Camões, Santo Antônio, zona Oeste, de 8h30 às 12h.

Dados da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh) indicam que 472 pessoas vivem em situação de rua hoje em Manaus. E grande parte delas é usuária de drogas, foge de situações de violência ou veio de famílias em vulnerabilidade social. Embora o município oferte acompanhamento, por meio do Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop), é sempre preciso torná-las visíveis à sociedade.

“Essa ação não vai resolver o problema desses homens, mas não nos impede de dar-lhes carinho, presença, dignidade e momentos de saúde, cidadania, lazer e mostrar-lhes que eles podem ter uma vida diferente. Não sabemos o que os levou para as ruas, não nos cabe julgar, porém se nós podemos fazer algo por eles, por que não fazer? Fizemos para as mulheres e, agora, vamos fazer para os homens. Vamos lhes dar esse carinho, afeto e respeito que todos nós merecemos”, disse a presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko.

Em conjunto com as secretarias municipais de Saúde (Semsa), Semmasdh e Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), o Fundo Manaus Solidária irá ofertar consultas clínicas, exames da pele, testagem rápida para HIV/AIDS, hepatites virais, distribuição de preservativos, inscrição nos programas do Governo Federal (CadÚnico), emissão de Registro de Nascimento, RG, CPF, atendimento jurídico e com psicólogos e assistentes sociais, entre outros serviços.

Haverá, ainda, atividades desportivas, como torneio de futsal, tênis de mesa, dominó, voleibol, alongamento, aula de ritmos e apresentação musical dos artistas do Parque Cidade da Criança.

Mulheres em situação de rua

Em maio, uma ação semelhante foi realizada para as mulheres em situação de rua. Na ocasião, 70 receberam a programação de saúde e cidadania na Minivila Olímpica do Coroado, zona Leste. Idealizada pela presidente do Fundo Manaus Solidária e primeira-dama, Elisabeth Valeiko Ribeiro, a ação com mulheres contou com a presença do Manaus o Arthur Virgílio Neto e recebeu o apoio de servidores de todas as secretarias do município, que doaram os itens para compor um kit de higiene pessoal e que foi entregue às participantes da programação.

Dia Nacional de Luta

Em 2004, no dia 19 de agosto, sete pessoas em situação de rua foram assassinadas com golpes na cabeça enquanto dormiam na região da Praça da Sé, em São Paulo. Conhecido como “massacre da Sé”, o caso teve repercussão internacional e a data ficou marcada como o “Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua” com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a atenção digna que deve ser garantida à essa população. Os ataques também deixaram oito pessoas feridas.

Serviço

O quê Ação de Saúde e Cidadania para Homens em Situação de Rua.

Onde: Minivila Olímpica Jair Sampaio, avenida Luis de Camões, Santo Antônio, zona Oeste.

Quando: Quinta-feira (30), das 8h30 às 12h.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Fundo Manaus Solidária.