FVS nega boatos sobre superbactéria contraída por ingestão de açaí

Foto: Reprodução internet

Após boatos em diversas redes sociais sobre o falecimento de um aluno da rede particular de ensino em decorrência da contaminação do açaí por superbactéria, e que a irmã dele seguia internada com o mesmo sintoma, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) desmentiu a notícia, nessa quarta-feira (18), e garantiu que não há registro de morte ou pacientes internados por ingestão de açaí em Manaus.

Segundo a FVS, a investigação epidemiológica do caso aponta que o paciente em questão faleceu em decorrência de possível pancreatite aguda. Enquanto a irmã continua internada para tratar o diagnóstico de celulite submandibular, que não tem associação com o caso do irmão.

A família informou durante a investigação que não consumia açaí nem sushi há um mês. Segundo eles, a origem do boato é desconhecida por eles, uma vez que em nenhum momento foram mencionadas entre eles palavras como “superbactéria”, “açaí” e “sushi”.

Por conta disso, a Fundação alerta a população em geral para evitar o compartilhamento de mensagens e áudios nos quais não há identificação da fonte da informação. Para orientar o cidadão, o Ministério da Saúde disponibiliza o WhatsApp (61) 99289-4640 para esclarecimento de dúvidas.

Com informações da assessoria da FVS-AM.