Gastos da CMM com programas de computador ultrapassam R$ 7,3 milhões

O Radar apurou que até o final do contrato, a empresa Solasstec Tecnologia terá faturado R$ 7,5 milhões com o contrato que está vigente desde 2021

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador David Reis (Avante), continua fazendo gastos milionários com o dinheiro público, desta vez, a CMM vai renovar o contrato com uma empresa especializada em serviços de fabricação de softwares (programa de computador), sob a justificativa de atender necessidades dos trabalhos em modo híbrido. De acordo com o extrato publicado no Diário Oficial da CMM, o valor da renovação é de R$ 3.682.200,00 (três milhões e seiscentos e oitenta e dois mil e duzentos reais). (veja documento ao final da matéria).

No total, os gastos da CMM com softwares ultrapassam R$ 7,3 milhões. O primeiro contrato foi firmado em 26 de março de 2021. A empresa contratada Solasstec Tecnologia Eireli que pertence a Patrick de Sousa Gomes, situada no bairro Parque 10 de Novembro, zona Sul de Manaus.

Conforme a cláusula primeira do contrato, a empresa vai fornecer programa de computação para controle de frota de veículos, controle de passagens e diárias, controle de licitação e demais atividades administrativas. O prazo de vigência do contrato é de um ano, podendo ser renovado. O programa opera os sistemas internos da Casa Legislativa como Proton, Sigae, Sapl, Pmm, Site.

Mais gastos

Esta não é a primeira vez que o presidente da CMM David Reis gasta com tecnologia. Em agosto de 2021, o Radar noticiou que foi gasto quase R$ 1 milhão para a contratação da empresa IKHON – Gestão Conhecimentos e Tecnologia Ltda. para fornecer serviços de manutenção e suporte ao software ‘Câmara Digital’ da Casa Legislativa.

O documento não descreve de forma específica qual a utilidade e a importância do software para o desenvolvimento das atividades do parlamento. O programa Câmara Digital é uma plataforma usada para o armazenamento de documentos que só pode ser acessada por servidores designados.

VEJA O CONTRATO NA ÍNTEGRA