Governador convoca deputados para um almoço e tentar dar um “noventa neles!”

melo 90 neles

Uma fonte do Radar acaba de informar que o governador reeleito professor José Melo convocou os deputados para um almoço, nesta terça-feira (11), às 12 horas, na sede do governo. Diz a fonte – daquelas que perde o amigo, mas não perde a piada – que a principal pedida do “cardápio” do encontro tem o nome de “90 neles!”, uma novidade culinária que será oferecida pelo governador do Amazonas e que o “bonzinho e humilde filho de seringueiros” espera que desça goela abaixo dos nobres membros do Poder Legislativo, mesmo sendo amargo que nem jiló: o Orçamento do Governo do Estado para 2015. O propagandeado “democrático e nem um pouco arrogante” Chefe do Executivo quer que os legisladores estaduais aprovem o Orçamento do jeito que está, sem discussão sobre as verbas prometidas durante a campanha para setores essenciais como educação e saúde, sendo assim não chama a atenção da imprensa, e não existe polêmica e a imagem do governador continua irretocável, igualzinha à da propaganda eleitoral abraçando as criancinhas, né mesmo?

Noves fora

Mas, em contato pelo telefone com o Radar, tem deputado que parece pronto pra não aceitar o “90 neles” e está mais para um “noves fora nada”. Tem deputado que disse que não vai – o mesmo que “estou fora” – e tem ainda quem dissesse que vai, mas demonstrou não estar muito com aquele espírito de almoço festivo, seja porque não foi eleito e dá como explicação pra isso ter ficado a pão e água durante a campanha eleitoral, e ainda quem acha que está sendo preterido para um dos cargos na eleição da nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. Esses não precisam nem comer jiló pra azedar a conversa.

Divisão demais

E tem deputado dizendo que nunca viu tanta “oposição” na ALE, tão pouco consenso nas reuniões que são realizadas pelo presidente Josué Neto e, por isso, o governador teria decidido “meter a colher” nas votações da Casa, principalmente quando se trata das duas principais matérias de interesse do Governo, como o Plano Plurianual e Orçamento para 2015. Resta agora ver quanto tempo vai durar essa tal de “oposição” já que a previsão é que depende da “iguaria” que o governador vai servir para agradar seus deputados.

O Marcelo vai?

E a principal curiosidade captada pelo Radar nas conversas com os deputados é se o socialista deputado Marcelo Ramos (PSB) vai nesse almoço. “Pedra noventa” pra que houvesse segundo turno nas eleições desse ano e eleitor declarado do governador professor José Melo, tem muita gente que quer saber se as duras críticas ao Orçamento que estão sendo feitas pelo parlamentar vão ser externadas para o governador que ele ajudou a eleger. Será?