Governador decreta toque de recolher de 19h às 6h no Amazonas

Foto: Radar Amazônico

Na manhã desta quinta-feira (14), o Governo do Amazonas anunciou novo decreto que endurece, ainda mais, as medidas de contenção do novo coronavírus em todo o Estado. Segundo Wilson Lima, haverá o fechamento de atividades não essenciais e toque de recolher entre 19h e 6h.

De acordo com o decreto que deve ser publicado ainda nesta quinta-feira, somente pessoas das áreas da saúde, segurança, e imprensa podem circular fora do horário estabelecido. Além do toque de recolher, foi anunciada a suspensão do transporte coletivo de passageiros entre rodovias e rios, exceto o transporte de cargas, e o funcionamento de farmácias somente entregas delivery.

O governador também falou sobre a criação de um grupo de apoio a pacientes com Covid-19 e seus familiares, que se deslocarem a outros Estados. O primeiro grupo será transportado a Goiás, posteriormente, outros grupos serão enviados para Piauí, Maranhão, Brasília, Paraíba e Rio Grande do Norte.

“Hoje estamos no momento mais crítico da pandemia. Estamos com dificuldade para conseguir insumos, como oxigênio e o governo do Amazonas esta tomando providências com relação a isso”, afirmou Wilson.

A medida é anunciada em meio à crise de oxigênio e a superlotação de pacientes com Covid-19 nas unidades hospitalares do Estado. Segundo a coordenadora de infectologia da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Tatiana Amorim, vários são os motivos que podem ter ocasionado o rápido aumento de número de casos no Amazonas.

“Estamos vivenciando novamente um tsunami entre números de óbitos e taxas de internação. Isso pode ter relação com a baixa adesão às medidas de prevenção como higiene, mascara, distanciamento, aglomerações, festividades de fim de ano, além da nova variante do vírus já confirmada no Estado”, pontuou Tatiana.

Veja o decreto na íntegra