Governador do Piauí diz que vacina pediátrica da Pfizer pode chegar em janeiro ao Brasil

Ele diz ter conversado com técnicos do Ministério da Saúde, que lhe deram a informação

Os governadores do Nordeste Renan Filho, Camilo Santana, Wellington Dias, Flávio Dino e Fátima Bezerra em encontro em Brasília, em maio - Agência Brasil

Os governadores do Nordeste Renan Filho, Camilo Santana, Wellington Dias, Flávio Dino e Fátima Bezerra em encontro em Brasília, em maio – Agência Brasil

O coordenador do tema de vacinação do Fórum de Governadores, Wellington Dias (PT-PI), afirma que conversou com técnicos do Ministério da Saúde e recebeu a informação de que doses pediátricas da Pfizer podem chegar ao Brasil já a partir de janeiro.

“Há perspectiva real de poder entregar ao Brasil a vacina para crianças já a partir de janeiro, havendo um contrato com o Ministério da Saúde. Não podemos perder a oportunidade das vacinas, como perdemos lá atrás”, diz o governador do Piauí.

O governo Bolsonaro tem apresentado forte resistência ao tema. Depois de muita demora, o ministro Marcelo Queiroga (Saúde) anunciou na quinta-feira (23) que a pasta recomendaria a vacinação de crianças, mas mediante prescrição médica, o que causou revolta em secretários de Saúde.

O uso da Pfizer já foi autorizado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para a faixa etária.