Governador vai criar “big brother” e botar até a polícia pra cima de quem dever imposto ao Estado

Melo Big

Antes de dizer “au revoir” – até logo em francês –  e se mandar para Paris para participar da Conferência do Clima (COP 21), o governador professor José Melo deu uma notícia para a qual vai ter muita gente que não vai dizer, nem a força, “merci beaucoup – afrancesadamente muito obrigado! O governador anunciou, nesta quinta-feira (03), que uma das principais novidades do seu “pacote da área fiscal para combater a sonegação fiscal e aumentar a receita tributária” é a criação de um Grupo de Combate a Crimes Tributários envolvendo a Sefaz e a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Para “caçar” quem não paga imposto, ou tá pagando imposto de menos, o governador decretou até mesmo  “a participação das forças de segurança em ações de fiscalização da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz)”.

E pra fechar ainda mais o cerco sobre quem o Governo denomina de sonegadores, as portarias, convênios e decretos, assinados pelo governador professor Melo, determinam ainda o rastreamento dos devedores de impostos com o uso da Secretaria de Inteligência, ou seja, sorria, se puder, porque você está sendo filmado – escutado também!.Melo falou sobre “a adoção de novas tecnologias para coibir a sonegação e evasão de receitas, a recuperação de dívidas tributárias e o reforço na fiscalização de contribuintes de grandes segmentos econômicos”.

“Tudo isso (modernização de controles) também faz parte de um planejamento que fizemos desde o início do ano e que estamos executando. Fizemos isso com outras secretarias, na estrutura do Estado, e agora estamos trabalhando na máquina arrecadadora, para aumentar a sua eficiência e, consequentemente, a arrecadação. É uma nova estrutura de TI (tecnologia da informação) que estamos implantando, fazendo cruzamento com todos os sistemas, convênios com a Receita Federal, e fazendo agora também com o Estado de Roraima, para combater uma grande sonegação relativa a mercadorias que circulam sem pagamento de impostos”, afirmou o governador.

E ainda tem mais. Gente que o governador denomina de “devedores contumazes” vai entrar pra uma lista negra do Governo. “O Governo do Estado pretende responsabilizar civil e criminalmente sonegadores e recuperar na Justiça recursos ocultados, incluindo entre as medidas o bloqueio de bens”.