Governo Bolsonaro coloca à venda Parques Anavilhanas e Jaú e mais sete parques nacionais

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Economia, Paulo Guedes, assinaram um novo decreto com um pacote de privatizações envolvendo nove parques nacionais de preservação, nesta terça-feira (13). O Amazonas está incluso no “combo”, que coloca à venda o parque nacional de Anavilhanas, com área distribuída entre Manaus, Iranduba e Novo Airão. Tanto Anavilhanas quanto Jaú estão no Programa de Parcerias de Investimento (PPI) e no Programa Nacional de Desestatização (PND). Os parques serão concedidos para a iniciativa privada.

Outro parque do Amazonas, o Jaú, também consta na lista de itens disponíveis para venda, conforme anunciado pelo Ministério da Economia. O parque fica localizado entre os municípios de Barcelos e Novo Airão.

Além de Jaú (AM) e Anavilhanas (AM), foram incluídos ao programa de privatizações os seguintes parques nacionais: Serra dos Órgãos (RJ), Chapada dos Guimarães (MT), Ubajara (CE), Serra da Bocaina (RJ e SP), Serra da Capivara (PI), Bodoquena (MS) e Floresta Nacional de Brasília (DF).

Em dezembro de 2020, o Ministério da Economia já havia emitido um parecer favorável à concessão das unidades de conservação à iniciativa privada. Em 22 de fevereiro deste ano, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, defendeu um programa amplo de privatizações que incluísse parques por todo o país.