Anúncio Advertisement

Governo do Estado não repassa há 8 meses recursos para tratamento de dependentes químicos

drogas

 

Através da mídia local, o Governo do Estado andou alardeando entre suas políticas públicas a construção de um Centro de reabilitação para dependentes químicos, mas não repassa há oito meses os recursos destinados ao tratamento dessas pessoas que estão internadas em instituições que têm convênio com o Estado. A denúncia foi feita nesta quarta-feira (14) pelo deputado Luiz Castro (PPS), em discurso da tribuna da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), contando ainda que, mesmo sem o aporte financeiro, o Governo continua a encaminhar os usuários para a recuperação nesses estabelecimentos.

O deputado disse que enviou ofício ao governador Omar Aziz,  à primeira dama e presidente de honra do Fundo de Promoção Social, Nejmi Aziz e à secretária de Governo, Rebecca Garcia, pedindo providências imediatas no sentido de normalizar o repasse de recursos às instituições que tratam os dependentes químicos.

Nas palavras de Castro, a ausência de recursos para o tratamento dos dependentes químicos, é um desrespeito  para quem hospeda e presta todo tipo de atendimento a dezenas de usuários de drogas.

Luiz Castro  considerou contraditório que o governador Omar Aziz abra processo de licitação para a construção de um Centro de Reabilitação de Dependentes Químicos e não dê suporte financeiro às casas já existentes.

Na avaliação do deputado, é mais barato fazer tratamento com dependentes do que deixá-los internados em hospitais. “O governo atrasa dinheiro para empreiteiros de obras?”, questionou. “Mas as instituições, que não posso falar o nome para não comprometê-las, ficam de pires na mão. Temos que priorizar o ser humano”, completou.