Governo do novo está de “malas prontas” pra se mudar para o PP dos sempre governistas Lins

A notícia que chegou ao Radar, nesse final de semana, é dada como sacramentada por muita gente do meio político. Wilson Lima (PSC) estaria de “malas prontas” para ir para o PP, partido dos irmãos Lins, Belarmino (deputado estadual) e Átila (deputado federal). Isso é o mesmo que dizer que quem se autointitula “governo do novo” vai se unir com o que há de mais conservador na política local.

Belarmino Lins, mais conhecido por Belão, está há cerca de trinta anos no Parlamento estadual. Ele está no oitavo mandato de deputado estadual e conseguiu se manter por mais de 20 anos na Mesa Diretora da Casa Legislativa, saindo apenas nessa última eleição quando houve a renovação de 12 das 24 vagas da Casa– 50% do Parlamento são de novos deputados. Esses novos parlamentares contribuíram decisivamente para a eleição de Josué Neto (PSD), adversário de Belarmino Lins para a presidência da Mesa Diretora.

Belão é declaradamente governista, seja qual for o governo que esteja no Poder. Para quem critica o fato dele sempre estar à serviço dos chefes do Executivo de plantão, ele já chegou até mesmo a fazer um de seus gracejos no plenário da Assembleia dizendo ter vocação pra ser governista. Então ninguém se surpreendeu na semana passada quando Belarmino foi à tribuna da Casa se derreter em elogios ao governo do novo, comandado por Wilson Lima que anunciou um pacote de obras de R$ 800 milhões.

Belarmino destacou o fato de que, na opinião dele, essas obras trazem muitos benefícios para o interior do Estado. E é exatamente dos redutos eleitorais do interior que vêm a grande maioria dos votos que elegem Belarmino e seu irmão Átila, eleição após eleição.

Apesar de ter sido eleito para representar uma (diz que) nova maneira de fazer política, o que parece é que Wilson acha que vai precisar das velhas táticas dos Lins, tanto aqui quanto em Brasília, para atingir seus objetivos.

O que essa união esquisitona vai dar só o tempo dirá – e o Radar vai te contar!