Grave acidente de trânsito em Manaus é causado após assalto e sequestro de motorista de aplicativo

O carro do motorista de aplicativo ficou totalmente destruído

Carro que capotou e colidiu em um poste. Foto: Divulgação

Um grave acidente ocorreu na manhã deste domingo (30), na Avenida das Flores com Rua 7, na zona Norte de Manaus, após criminosos roubarem um carro de um motorista de aplicativo, modelo Renault Kwid, cor branca, para realizar uma execução criminosa. Com o acidente, outros carros que passavam pelo local tentaram desviar e um deles acabou atingindo um poste.

Segundo a polícia, o motorista do veículo roubado foi sequestrado e abandonado em um ramal de Manaus com vida. Os suspeitos, adulteraram a placa do carro e fugiram supostamente para realizar uma ação criminosa, quando em um trecho da Rua 7 de Maio se envolveram em um grave acidente com outros veículos.

Carro de aplicativo que foi roubado no dia anterior.

O carro do motorista de aplicativo ficou totalmente destruído. O carro de um outro motorista de aplicativo, de Modelo Ford Ka, que fazia uma viagem com um passageiro, foi atingido no acidente, capotou no local e colidiu em um poste. O motorista e o passageiro ficaram bem. Já o terceiro carro, envolvido na acidente, uma caminhonete modelo Saveiro, ficou totalmente destruída.

Foto: Divulgação

O motorista da Saveiro ficou preso nas ferragens e o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) foi acionado para regatar a vítima.

Foto: Divulgação

Os suspeitos do assalto e causadores do acidente foram socorridos e levados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) a uma unidade hospitalar e permanecem na guarda da polícia. Um outro assaltante foi socorrido por um conhecido em uma motocicleta. O desdobramento do caso seguirá sendo acompanhado pela Polícia Civil. 

Os outros dois motoristas que ficaram feridos após o acidente foram levados ao Hospital e Pronto- Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado, com ferimentos leves.

O motorista de aplicativo que teve o carro roubado registrou um Boletim de Ocorrência e o caso está sendo investigado pelo 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP).