Anúncio Advertisement

GT de Saúde Mental apresenta censo da população de manicômios judiciais

manicomios judiciais

O Grupo de Trabalho da Saúde Mental da Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) apresenta nesta terça-feira (10) o Censo 2011 dos Hospitais Custódias e Alas Psiquiátricas no Brasil. Desenvolvido pelo Anis – Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero, a pedido do Departamento Penitenciário do Ministério da Justiça, o levantamento traça um perfil dos quase 4 mil brasileiros internados nos 23 hospitais de custódia e nas três alas penitenciárias dos presídios.

“O mais curioso é que o primeiro hospital de custódia do país foi fundado em 1921. E mesmo assim, só 90 anos depois, em 2011, é que se iniciou a primeira pesquisa sistemática sobre a população que vive nesses estabelecimentos”, disse o assistente social Uederson Rufino dos Santos, um dos coordenadores da pesquisa.

Durante o levantamento, foram encontradas diversas situações nas quais o paciente era mantido internado mesmo já tendo obtido a alta clínica e quitado as penas previstas pela justiça. O levantamento foi apresentado no fim de 2012, tendo sido apresentado em alguns seminários e eventos.

De Brasília: Jornalista André Shalders.