Handebol Coari vence Amazonense de handebol adulto masculino na Série Prata

Com pouco mais de mil espectadores, depois de dez anos ausente das quadras, o Handebol Coari venceu a Associação Atlético Amazonas por 31 a 29, e conquistou o título do Campeonato Amazonense de Handebol adulto masculino da Série Prata. A final foi realizada nessa terça-feira (20), no Ginásio Renné Monteiro, na Avenida Constantino Nery, bairro São Geraldo, Zona Centro-Sul da cidade.

Na decisão do 3º lugar da Série Prata, a equipe da AABB/UEA/MS passou pelo Iranduba Handebol Clube por 26 a 22. O evento é uma realização da Liga de Handebol do Amazonas (Liham).

Atleta da modalidade há mais de duas décadas, mas treinadora do Handebol Coari com pouco mais de quatro anos, Elci da Silva Cordovil, ficou feliz pela conquista, pois o time ficou muito tempo ausente, mas voltando em grande estilo.

– Todos jogam juntos algum tempo, e isso é o nosso diferencial. O grupo começou a se formar depois de uma campeonato que aconteceu em Coari. Após o término foi selecionado os melhores jogadores e pegamos alguns reforços para fortalecer a equipe. Nessa final tivemos uma pressão psicológica e nossos atletas tem que trabalhar isso. O time se perdeu um pouco, mas é normal, porque ficamos dez anos sem participar e agora voltamos para ser campeão – comemorou.

Finais na Série Bronze

Pela Série Bronze do adulto masculino os jogos finais foram emocionantes do começo ao fim dentro de quadra. Na definição do 3º lugar, a equipe do ASH Mauazinho passou pelo Villa Lobos por 26 a 21. Já na grande final, Hopeful ganhou pela diferença de uma bola Dance Hall de 23 a 22.

Depois de perder os seis jogos na primeira fase, a equipe do Hopeful entrou na fase final devido a punição a uma outra equipe. Para treinadora Jaqueline Batista dos Santos, que conta no elenco de 30 atletas, entre juvenis e adultos, o título caiu dos céus.

– Nós ressurgimos das cinzas e voltamos para o campeonato. Foi emocionante, uma felicidade imensurável, porque tivemos vitórias que escorregaram pelas nossas mãos em todos os jogos. De repente uma oportunidade surgiu do nada e ganhamos o título. No jogo da semifinal vencemos na prorrogação por uma bola e na final mais uma vez fomos vitoriosos por um gol – disse.

Com informações da assessoria de imprensa