Handebol Masculino será neste sábado (12), no Atlético Rio Negro Clube

As quartas de final da Taça Laércio Miranda de Handebol Adulto 2018 promete esquentar a quadra do Atlético Rio Negro Clube, no Centro, com os jogos eletrizantes, no naipe masculino. Zezão, Atlético Amazonas, Santa Etelvina, HCM, Atlética Nilton Lins, Iranduba, Columbia E.C e Associação Banco do Brasil são os classificados. A partir das 14h, deste sábado (12), o lema das equipes é vencer ou vencer.

O torneio, que abre a temporada do handebol do amazonense, é organizado pela Liga de Handebol do Amazonas (Liham) e conta com o apoio do Governo do Amazonas (Sejel e Seduc), Meca Comunicação Visual e Plano 7 Comunicação e Produção Audiovisual.

É ‘mata-mata’

O primeiro duelo do dia será entre Atlético Amazonas e Zezão, a partir das 14h. O encontro marca o equilíbrio das duas equipes. No segundo jogo, às 15h30, Liga de Santa Etelvina e HCM prometem uma partida bastante acirrada. Já às 17h, Atlética UniNilton Lins e Iranduba fazem um duelo de veterano e novato e no último jogo da noite, a melhor equipe do torneio, o Columbia E.C, recebe a Associação Banco do Brasil, às 18h30.

“São jogos decisivos. No primeiro jogo teremos um equilíbrio total. As duas equipes fizeram uma boa campanha na primeira fase. No segundo jogo, o destaque vai para a Liga de Santa Etelvina que é uma equipe jovem e com atletas da base. Já o HCM é uma equipe tradicional, campeão amazonense por duas vezes, e vai em busca de mais um título”, explicou o presidente da Liham, Auricélio Andrade, comentando os jogos seguintes.

“No terceiro jogo teremos a tradição da Nilton Lins enfrentando o caçula do handebol, que está bem entrosado e vai dar trabalho para a Nilton Lins. Por fim, no último jogo o favoritismo é total do Columbia, que foi a melhor equipe da fase classificatória que pega a Associação Banco do Brasil, que é um time em formação. É promessa de bons jogos”, finalizou.

Ingresso simbólico

Os torcedores que desejam acompanhar as quartas de final, no ginásio do Atlético Rio Negro Clube, terão que desembolsar a pequena quantia de R$ 2. A cobrança simbólica para assistir os jogos será destinada para a manutenção do local.

“Estamos cobrando esse valor apenas para ajustarmos o ginásio do Rio Negro. A Liham está comprando algumas lâmpadas para o ginásio e pretendemos pintar a quadra e as traves. É um novo espaço para os jogos da Liga e estamos pedindo essa colaboração da comunidade do handebol do Amazonas”, destacou Andrade.

Semifinais do feminino

Na segunda-feira (14) é a vez das meninas entrarem na fase perde e sai. No primeiro jogo, o Rio Negro disputa a vaga na final contra o Dance Hall, às 19h30. HCM e Santa Etelvina disputam a vaga na final, às 21h. As partidas serão realizadas no ginásio Renné Monteiro, na Avenida Constantino Nery, Chapada, Zona Centro-Sul.