Henrique Fogaça é defendido por internautas após compartilhar omelete de Cannabis

Foto: Divulgação

O chef de cozinha Henrique Fogaça, 46, se tornou um dos assuntos mais comentados no último final de semana após publicar a imagem de um omelete de Cannabis -planta que deriva a erva da maconha entre outras coisas.

A publicação de Fogaça dividiu internautas, que criticaram e também defenderam o chef conhecido por ser jurado no programa Masterchef Brasil, da Band. “Péssimo exemplo para se falar em qualquer benefício que essa planta possa ter, e ainda é crime plantar, cultivar, consumir ou possuir, não sou eu quem falo e a lei que diz”, escreveu um seguidor do chef.

Não demorou para que outros seguidores julgassem o prato culinário de Fogaça, mas há também quem elogiou e sugeriu um “MasteChef canábico”. “Lamentável a falta de informação das pessoas, como se esse prato fosse induzir ao consumo de drogas”, escreveu uma seguidora.

“Parabéns por ser autêntico e verdadeiro num mundo de hipócritas e falsos politicamente corretos. Eu sei da luta e dedicação ao seu trabalho e sua família. Sou sua fã, te sigo com omelete de Cannabis e tudo mais que você fizer”, comentou outra.

Jurado do Masterchef desde 2014, Henrique Fogaça já foi alvo de outras polêmicas. Só no ano passado, o chef de cozinha se divorciou e reatou o casamento com Carine Ludvic. Na época do término, Fogaça chegou a posar para uma foto ao de duas freiras, enquanto usava uma camiseta com a imagem de duas mulheres se beijando.

Na ocasião, até a Band soltou um comunicado que teria uma conversa com o jurado do MasterChef para entender os motivos daquela postagem. Ele é pai de Olívia, 13, João, 12, e Maria, 5, de outros dois relacionamentos. Sua filha mais velha é portadora de duas doenças graves: epilepsia e hipotonia, que enfraquece o tônus muscular.

Um dos medicamentos usado no tratamento de Olívia é justamente o canabidiol (CBD), um dos princípios ativos da Cannabis sativa, nome científico da maconha.