Heróis têm que dar exemplo, capitão!

Em muitos filmes de super-heróis não é difícil ver cenas em que eles aparecem não só em grandes missões, como por exemplo, salvar a terra de vilões que querem destruir o planeta, mas sim em cenas do cotidiano, dando exemplos de dignidade, gentileza e honestidade. É só lembrar de heróis que atravessam velinhas em ruas movimentadas, ou defendem alguém mais fraco de valentões e devolvem carteiras roubadas a seus legítimos donos.

Esses são exemplos que fazem os heróis serem amados por crianças e adultos. Mas ser herói não é nada fácil, capitão! Não basta posar de herói! Publicar uma revista em quadrinhos, como faz o deputado federal capitão PM Alberto Neto, onde aparece prendendo covardões que batem em mulheres é extremamente louvável e digno de aplausos, mas ser herói vai muito além da prisão de criminosos.

Ser herói, na minha opinião, é principalmente lutar por mudanças num país onde a corrupção está institucionalizada. Onde se faz discurso de moralista, mas se acha certo, furar fila, fazer “gato” de energia, de água, de luz, de internet, ou do que o indivíduo achar necessário. Onde o sinal vermelho do semáforo não significa pare, mas sim: “tou com pressa, então eu passo”. Onde fazer tudo errado no trânsito não é ser babaca, é ser fodão”. Onde um pai ou mãe sabe que o filho tirou vantagem enganando alguém e chamam isso de esperteza, mas quando é o filho dos outros, ainda mais se for pobre, aí é um vagabundo, pilantra, marginal.

Então, capitão, ganhar por dois lugares e trabalhar em um só, está errado e ponto final. Nem os heróis conseguem estar em dois lugares ao mesmo tempo, já que só Deus é onipresente. Ter acúmulo de cargos e salários é inconstitucional e não tem contestação. Os agentes públicos são pagos com dinheiro dos cofres públicos, ou seja, dinheiro pago em impostos pelo povo do Amazonas, inclusive os mais pobres. E como um herói pode achar certo receber dinheiro público sem trabalhar? Esse com certeza é um exemplo que não se em encontrará em nenhuma história heróica.