Hoje é Dia: datas celebram doadores de sangue, autistas e cinema

EBC

Datas que celebram ações como a doação de sangue, ou grupos, como autistas e imigrantes e ainda conscientizam a população para ameaças como a violência contra idosos e a seca. O que não faltam na semana entre os dias 13 e 19 de junho são datas comemorativas ou que levam à reflexão.

O dia 14 é o Dia Mundial do Doador de Sangue. A data foi instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2004 como forma de agradecer a doadores de sangue e também conscientizar para a ação que salva vidas (principalmente porque, desde o início da pandemia, há uma preocupação com a queda nos estoques de bancos de sangue em diversos estados do Brasil). Em 2017, o História Hoje falou sobre a origem da data.

O dia 15 de junho é o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, instituído em 2006 pela Rede Internacional de Prevenção de Abusos contra Idosos (organização ligada à OMS). Dados de 2017 apontam que um a cada seis idosos já sofreu algum tipo de violência em todo o mundo. Essa matéria do telejornal Repórter Brasil, de junho de 2020, destaca que, na pandemia, as denúncias de algum tipo de agressão contra os mais velhos aumentaram.

O dia 17 é o Dia Mundial do Combate à Seca e à Desertificação (data que marca a adoção da Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação, estabelecida na cidade francesa de Paris, em 17 de junho de 1994). No dia seguinte, é celebrado o Dia Nacional da Imigração Japonesa. É quando é lembrada a chegada, em 1908, dos primeiros imigrantes japoneses ao Brasil. Em 2019.

O 18 de junho também é o Dia do Orgulho Autista. A data celebra a criação da primeira instituição a utilizar o termo “orgulho” relacionado ao transtorno do espectro autista: a norte-americana Aspies for Freedom (Aspies pela Liberdade, em tradução livre; o termo “aspies” é uma abreviação de Asperger, e é usado naquele país para se referir a pessoas com a síndrome de Asperger). A data comemorativa, que é lembrada em todo o mundo, serve para educar o público sobre questões relacionadas com o autismo. Saiba mais na reportagem de 2019 do Repórter Brasil.

Ainda falando de celebrações, 19 de junho é o Dia do Cinema Brasileiro. Foi neste dia que aconteceu a primeira filmagem feita no Brasil: a da baía da Guanabara, registrada em 19 de junho de 1898 por Afonso Segreto, considerado o primeiro cineasta do país.

Nascimentos e perdas

A semana também é marcada pelo aniversário de algumas personalidades e pela data de morte de outras. No dia 13, completam-se 20 anos de morte do guitarrista Marcelo Fromer, membro da banda Titãs. O ator, humorista, cantor e cineasta paulista Amácio Mazzaropi também faleceu neste dia, mas há 40 anos. Em abril, a biografia dele foi apresentada pelo telejornal Repórter São Paulo.

Também no dia 18, a cantora e compositora baiana Maria Bethânia completa 75 anos. Um dos principais nomes do movimento chamado Tropicalismo, Bethânia, em 2017, falou sobre os seus principais sucessos no programa Todas as Bossas da TV Brasil. Em 2019, o Sem Censura relembrou uma entrevista dela ao programa em 2006.