Homem é condenado a 18 anos de prisão após estuprar neta em Manaus

Na época do crime, ocorrido em 2015, a vítima tinha 8 anos

Foto: divulgação/ilustrativa

Um homem de 70 anos, que não teve a identidade revelada, foi preso nesta quarta-feira (28), em cumprimento a um mandado de prisão em aberto. Ele foi condenado por estuprar a própria neta, que tinha 8 anos na época do crime, cometido em 2015.

Segundo a delegada Joyce Coelho, ele foi preso no bairro do São Jorge. Eles tiveram conhecimento do caso após a mãe da menor realizar uma denúncia. “Tomamos conhecimento da prática criminosa quando a mãe da vítima compareceu à delegacia, para relatar que o avô de sua filha praticou ato libidinoso com conjunção carnal contra a menina”, disse a delegada.

Ainda segundo a delegada, a e a ordem judicial em nome do indivíduo foi expedida no dia 22 de junho de 2020, pela juíza Patrícia Chacon de Oliveira Loureiro, da 1ª Vara Especializada em Crimes contra Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

Assim que ele foi encontrado, a prisão foi feita. “Conseguimos prender este homem após as equipes de investigação localizarem sua residência”, explicou a delegada. O homem foi condenado a 18 anos por estupro de vulnerável e ficará à disposição do Poder Judiciário.