Homem é condenado a oito anos de prisão por tentar matar a ex-mulher

Deuzimar Cavalcante Braga foi condenado a oito anos de prisão, em regime fechado, pela tentativa de homicídio contra Kathelen de Oliveira Braz, sua ex-companheira. O homem foi condenado nessa segunda-feira (19), durante sessão realizada na 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, que funciona no Fórum Ministro Henoch Reis, no bairro São Francisco.

Na denúncia oferecida pelo Ministério Público do Estado (MP-AM), consta que no dia do crime o acusado foi à procura da ex-mulher, que estava morando na casa da mãe, e tentou reatar o casamento. Diante da negativa de Kathelen, ele a abraçou e desferiu vários golpes de faca contra a vítima. Em seguida, tentou se matar, cortando o pulso.

O crime, segundo os autos, ocorreu no dia 1º de maio de 2009, por volta das 22h30, na rua Santa Helena, bairro Nossa Senhora de Fátima, zona Norte de Manaus. Socorrida, Kathelen sobreviveu aos ferimentos.

O julgamento faz parte da programação da 14ª edição da campanha “Justiça pela Paz em Casa”, promovida pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e cujas atividades se estenderão até sexta-feira (23). A sessão presidida pela juíza titular Ana Paula de Medeiros Braga.

Com informações do TJ-AM