Homem é preso por espancar a mulher e vira bebê chorão na delegacia

Espancador chorão

Na madrugada desta terça-feira (13), policiais da equipe Carcará, da 10 Companhia Interativa Comunitária (Cicom), no bairro Alvorada, receberam a denúncia que na rua Jerusalém, no D. Pedro, uma mulher estava sendo agredida pelo companheiro que supostamente estaria armado.

Os policiais se deslocaram até o local constatando a veracidade da denúncia. Uma jovem de 27 anos havia sido agredida por seu companheiro, o vigilante de nome Abel Carvalho da Silva, de 28 anos. O agressor foi preso e foi realizada uma revista na residência, onde foi encontrada uma arma de fabricação caseira, além de uma arma de choque.
O acusado foi conduzido a delegacia de proteção a mulher onde foi registrado o flagrante por agressão física. A partir do momento que foi levado preso, o espancador passou a chorar copiosamente e a pedir perdão da mulher.
Mesmo com visíveis sinais de espancamento e já tendo registrado outras ocorrências na polícia contra o agressor, a mulher ainda conseguiu se compadecer com as lágrimas do companheiro violento e quase retira a denúncia. Porém, a irmã da vítima conseguiu convence-la de não voltar atrás.
Segundo relatos da cunhada, que serviu como testemunha, o vigilante “é um doente” que, além de agir com violência com a esposa, costuma “espionar” todas as mulheres da vizinhança, inclusive sua própria sogra, que em certa situação foi surpreendida durante o banho com os olhares doentios do acusado.

Espancador chorão 2