Hospitais do AM recebem revisão preventiva contra incêndios desde março, diz Susam

Após tragédia na última quinta-feira (12), que resultou na morte de 12 pacientes em um incêndio no Hospital Badin, no Rio de Janeiro, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) diz que todo o sistema elétrico das unidades hospitalares de Manaus vem recebendo revisão desde março. Segundo a pasta, um relatório para adequação às novas normas de prevenção a incêndios e revisão da elétrica devem ser entregues pela equipa de engenharia até sexta (20).

Na primeira fase, a equipe da Gerência de Projetos e Obras (Gepro) da Susam mapeou as necessidades dos três maiores hospitais do Estado. O Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, HPS 28 de Agosto e HPS Platão Araújo foram as unidades que receberam a vistoria técnica da equipe de engenharia.

De acordo com o diretor do Departamento de Logística da Susam (Delog), Ionaldo dos Santos, o trabalho minucioso exige tempo, por se tratar de grandes hospitais. Conforme o diretor, na segunda fase do projeto de readequação, às maternidades receberão as vistorias técnicas.

“Nós, na verdade, nos antecipamos ao que ocorreu no Rio de Janeiro e iniciamos a revisão preventiva desde março, a pedido do secretário e do próprio governador”, disse Ionaldo.

De posse do relatório, a secretaria vai propor um cronograma de execução dos serviços. O diretor reforçou que os hospitais têm saídas de emergência e hidrantes, e que as escadas são apropriadas e dispõem de enclausuramento da estrutura, com paredes resistentes ao fogo e portas corta-fogo.

De acordo com Ionaldo, os hospitais seguem as normas técnicas do período em que foram construídos. Por isso, o setor de engenharia da secretaria está avaliando todas as unidades, para atualização preventiva das normas de segurança de acordo com a legislação vigente.

Uma parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) deve auxiliar os projetos de readequação, segundo o diretor. A Susam também prepara um cronograma de atualização das brigadas de incêndio das demais unidades do Estado.

Requerimento

Por conta dessa tragédia na cidade carioca, o deputado estadual, Wilker Barreto (Podemos) encaminhou, nessa quarta (18) à Mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), um requerimento à Susam e ao CBMAM solicitando saber se as unidades hospitalares do Amazonas possuem Alvará de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

“Depois desse incidente, soubemos que apenas 10% das unidades hospitalares tem o Alvará de Vistoria do Corpo dos Bombeiros no Rio. Logo, o Amazonas precisa fazer o seu dever de casa também (…) desta forma, podemos dar um passo à frente da tragédia, e para isso é necessário prevenção”, explicou Barreto na ocasião.

Com informações da assessoria da Susam.