Hugo Calderano vence e Brasil disputará quartas de final pela primeira vez no tênis de mesa

Imagem: REUTERS/Luisa Gonzalez

Hugo Calderano enfrentou nesta terça-feira (27) nas oitavas de final das Olimpíadas de Tóquio o coreano Jang Woo-jin e saiu vitorioso em uma partida muito difícil e equilibrada. O brasileiro começou ganhando o primeiro set por 11 a 7. A partida foi bem disputada, porém o primeiro set começou com erros dos dois lados e com pouco volume de jogo.

Jang iniciou vencendo o segundo set, mas Hugo foi em busca do placar e a partida se manteve equilibrada, o brasileiro não deixou que a vantagem do adversário aumentasse. Na metade do segundo set, Hugo conseguiu virar a partida e controlar os pontos, os saques foram muito utilizados pelo atleta, porém Jang empatou o jogo e venceu no segundo set point por 11 a 9.

O terceiro set começou com ponto do coreano, mas o atleta brasileiro conseguiu buscar os pontos e ficar na frente. Com bastante trocação, Jang foi superior e chegou a ficar com cinco pontos de vantagem, Hugo tentou mas errou e o coreano venceu o terceiro set por 11 a 6.

Hugo marcou os dois primeiros pontos do quarto set, mas no rali Jang pontuou. Com bolas mais curtas, o brasileiro esperou o momento certo para atacar, mas, mesmo assim, o adversário empatou e virou a partida. O carioca foi em busca no resultado, e apesar de algumas falhas, retomou o controle do jogo e criou uma vantagem de três pontos. O coreano conseguiu pontuar e se aproximar, mas não deu, vitória brasileira no quarto set por 11 a 9.

O quinto set começou com dois pontos de Jang, mas Calderano empatou. Após o empate, o brasileiro virou, porém o coreano foi em busca do placar e abriu seis pontos de diferença e venceu com facilidade com o placar de 11 a 4. Hugo começou na frente do sexto set e conseguiu fazer seis pontos de diferença, atacando muito bem e devolvendo a grande vantagem do quinto set do coreano, que terminou em 11 a 5.

A decisão ficou para o último set, e Hugo começou vencendo por 2 a 0 até Jang deixar tudo igual no placar. Muito concentrado, o brasileiro cresceu e abriu quatro pontos de diferença. O coreano ensaiou uma melhora, mas o brasileiro não deixou. Calderano conseguiu a vitória no sétimo com o placar de 11 a 6, após uma partida muito equilibrada.

O Brasil irá disputar pela primeira vez as quartas de final das Olimpíadas do tênis de mesa na história.

SENSAÇÃO INCRÍVEL

Após a partida, Calderano salientou a “batalha mental” que foi o duelo com Jang Woo-jin e descreveu a sensação de ter conseguido a vaga nas quartas como “incrível”.

“Sensação incrível. Jogo sensacional. Como falei em outra entrevista, todo jogo de 4 a 3 tem muitos jogos dentro dele mesmo. Então, tem de ter cinco, seis táticas diferentes para conseguir ganhar. É muita variação, é uma batalha mental. Estou bem orgulhoso de ter conseguido manter meu foco até o final e conseguir essa vitória”, disse, ao SporTV.

Técnico de Calderano, o francês Jean-René Mounié se disse emocionado, mas manteve lembrou que ainda há um caminho a ser percorrido para manter viva a possibilidade de conquistar uma medalha.

“Estou muito emocionado. Fico muito satisfeito com o desempenho do Hugo. Ele se preparou bastante, com muito esforço, e está jogando muito bem. Como se viu, foi uma briga intensa. Estou muito satisfeito. O caminho ainda será longo”, afirmou.