Hulk larga a peia no capitão Bolsonaro

O presidente Messias Bolsonaro, que tem o costume de esculachar meio mundo – mulher de “vagabunda” e negro de “boi gordo”, por exemplo – e sair ileso das situações como se não tivesse feito nada de errado, está recebendo um revés de peso – literalmente falando – após ter acusado o ator Leonardo DiCaprio de patrocinar Ongs que, segundo suposições feitas pelo próprio presidente, “tocam fogo na Amazônia”.

O ator Mark Ruffalo, que personifica o super-herói da Marvel, Hulk, resolver tirar a máscara do mito e largar a peia no capitão Bolsonaro. “Bolsonaro e sua turma estão fazendo de bode expiatório as pessoas que defendem a Amazônia dos incêndios que ele mesmo permitiu que ocorressem”, afirmou.

“Pergunte a si mesmo: o que mudou recentemente no Brasil para que isso ocorresse agora? Bolsonaro e suas políticas (não) ambientais”, questionou e ao mesmo tempo respondeu o super-herói das telonas.

A imprensa internacional também não deixou por menos e noticiou que as declarações do presidente capitão Bolsonaro são fakes. Jornais de diversos países, como o Britânico The Guardian e o norte-americano The New York Times afirmaram que as acusações de Messias Bolsonaro contra DiCaprio são falsas.

“Bolsonaro, que assumiu o cargo em janeiro, expressou repetidamente, animosidade em relação a ativistas ambientais, ONGs e líderes estrangeiros que se manifestaram em defesa da Amazônia”, diz a reportagem do The Guardian.

Já Leonardo DiCaprio, mesmo sem estar investido num de seus personagens de mocinho do cinema, usou seu comedimento e elegância para responder ao desvairado capitão Bolsonaro. “Neste momento de crise para a Amazônia, apoio o povo do Brasil que trabalha para salvar seu patrimônio natural e cultural. Eles são um exemplo incrível, comovente e humilde do compromisso e paixão necessários para salvar o meio ambiente. O futuro desses ecossistemas insubstituíveis está em jogo e tenho orgulho de apoiar os grupos que os protegem. Embora dignas de apoio, não financiamos as organizações citadas. Continuo comprometido em apoiar as comunidades indígenas brasileiras, governos locais, cientistas, educadores e as pessoas que estão trabalhando incansavelmente para garantir a Amazônia para o futuro de todos os brasileiros”, disse DiCaprio através de nota, dando uma bofetada com luva de pelica no capitão presidente Bolsonaro.