Ibope: 83% dos brasileiros concordam com uso de máscara na pandemia

Foto: Alex Pazuello

Uma pesquisa realizada pelo instituto Ibope, encomendada pelo jornal O Globo, mostra que 83% dos brasileiros concordam com os protocolos de segurança contra a disseminação da Covid-19, como o uso de máscaras. Desse total, 72% disseram concordar “totalmente”, e 11% disseram apoiar “parcialmente”.

O posicionamento variou de acordo com o espectro ideológico do entrevistado. Entre os que se declaravam de esquerda, o apoio aos protocolos chegou a 91%, contra 78% dos que se dizem de direita. A pesquisa mostrou que o apoio às normas de segurança contra a Covid-19 é maior entre as mulheres, os mais ricos e as pessoas com mais escolaridade.

O Sul e o Sudeste são as regiões onde o apoio às medidas é maior, com índices de 80% e 75%, respectivamente. Nos estados do Centro-Oeste e Norte há os menos favoráveis: apenas 62% de aprovação; no Nordeste chega a 66%.

O Ibope ouviu 2.626 pessoas entre os dias 21 e 31 de agosto. Dos entrevistados, 71% disseram que a pandemia teve um impacto pior do que se esperava no Brasil.

O instituto também perguntou quem era o maior culpado pelas mortes. Os resultados mostraram que a população acredita ter sido o próprio indivíduo (38%) e o presidente Jair Bolsonaro (33%).

A pesquisa revelou ainda que 59% acreditam que a pandemia vai influenciar as eleições de 2020, e 58% acham que cientistas passarão a ser mais valorizados pela população.