Idoso suspeito de estuprar criança é espancado até a morte dentro de delegacia no AM

Durante o linchamento, os agressores ainda cantam "parabéns" para tentar disfarçar os gritos da vítima e o barulho dos chutes e socos

Foto: Divulgação

O Radar Amazônico teve acesso a um vídeo que mostra um detento sendo espancado por seus colegas de cela, que, durante as agressões, ainda cantam a música ‘Parabéns pra você’. Fontes do Radar Amazônico informaram que o preso foi encontrado morto no início desta semana.

O vídeo foi gravado na segunda-feira (13) na carceragem do 34º Distrito Integrado de Polícia (DIP), que fica localizado no município do Careiro (a 86 quilômetros de Manaus). A vítima era o padeiro Jorge Roberto Occilli, de 65 anos, que foi preso em flagrante suspeito de estuprar uma criança de 2 anos. A chegada do preso na delegacia teria causado a revolta dos demais detentos. Para o “Tribunal do Crime”, o estupro de crianças é condenado e passível de morte.

Para cometerem o crime sem serem impedidos pelos policiais, os agressores cantaram ‘Parabéns pra você’ durante o linchamento. O objetivo era disfarçar os gritos da vítima, que não resistiu aos golpes e morreu. O corpo do idoso foi encontrado durante inspeção na cela.

Dois detentos assumiram a autoria do crime e vão responder por homicídio qualificado. De acordo com o laudo divulgado pelo Instituto Médico Legal (IML), Jorge apresentou marcas de Edema Cerebral Difuso, Trauma de Crânio, Trauma Torácico Grave e Insuficiência Respiratória Aguda.

O Radar Amazônico entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas para ter mais detalhes sobre o caso, mas não houve resposta até a publicação desta matéria. A SSP também não informou quais medidas está tomando ou pretende tomar para evitar crimes dentro das