Igreja Católica celebra Nossa Senhora da Conceição neste sábado (8)

A capital amazonense e pelo menos 170 cidades brasileiras festejam o dia de Nossa Senhora da Conceição. A santa é considerada pelos católicos como a padroeira de Manaus e do Estado do Amazonas. Ofícios, missas e procissão estão na programação da Catedral Metropolitana de Manaus, situada no Centro Histórico da capital, que promoverá, ainda, a Feira da Solidariedade e uma cicloprocissão em alusão à data. Toda a programação conta com o apoio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Segundo o pároco da Catedral, padre Hudson Ribeiro, são 359 anos de tradição de festa de Nossa Senhora da Conceição no Estado, que este ano traz como tema “Acolhei-vos uns aos outros como Cristo nos acolheu”, buscando incentivar a população a ser mais acolhedora e prezar pelo respeito ao próximo, como a presença dos venezuelanos na capital.

“A gente sabe da expressiva chegada desses estrangeiros, e temos trabalhado incessantemente para acolher essas pessoas de forma que elas se sintam abraçadas e possam encontrar o refúgio que vieram em busca. A gente quer a igreja cada vez mais acolhedora, uma sociedade que imprima uma cultura da acolhida. Temos diferenças culturais, uma fronteira que nos separa, mas em Cristo todos somos irmãos e irmãs”, explicou o pároco da Catedral.

Em Manaus, as festividades em honra à Nossa Senhora da Conceição iniciaram no dia 29 de novembro, com o novenário voltado à santa. Durante a semana, celebrações eucarísticas e adorações reuniram fiéis na catedral.

Programação

As atividades que serão realizadas no Dia de Nossa Senhora da Conceição começam logo pela manhã, com uma missa realizada às 7h30 e outra às 10h, na Catedral Metropolitana de Manaus, a Matriz.

Paralelamente, acontece a concentração da cicloprocissão, em frente à Arena Amadeu Teixeira, na avenida Constantino Nery. A cicloprocissão sairá às 8h, em direção à Igreja da Matriz. Para participar, basta comparecer na concentração com bicicleta e equipamento de segurança.

“Esta é a terceira edição da cicloprocissão. É um momento de agradecimento a Nossa Senhora da Conceição, que nos protege em nossas viagens. Sabemos que a mobilidade urbana ainda tem suas limitações e queremos agradecer pela graça da proteção e segurança para nós, ciclistas. Este é um momento também de convidar as famílias a participarem conosco”, comentou um dos organizadores da cicloprocissão, Onofre Martins.

Às 10h, será realizada a chamada “Catedral Cultural – Missa com Arte”, que vai contar com a participação da cantora amazonense Eliana Printes. Durante a tarde, acontece a oração do terço na Catedral, que iniciará às 15h. Já às 16h30, acontece a saída da tradicional procissão, que percorrerá as ruas do Centro Histórico da capital, seguida da missa campal, que receberá a participação de haitianos, venezuelanos e índios das etnias Satere-Mawé e Tucano, que farão preces na língua nativa.

O encerramento dos festejos do Dia de Nossa Senhora da Conceição acontecerá logo após a missa campal, na Praça da Matriz. Atrações musicais como Lucilene Castro, Márcia Siqueira, Grupo Sangue Novo e Grupo Kabanos estão na programação do evento.

Solidariedade

Junto com os festejos de Nossa Senhora da Conceição será realizada a Feira da Solidariedade, que conta com o apoio da Cáritas Arquidiocesana, nos dias 7 e 8/12, na área externa da Igreja da Matriz. Barracas com comidas, guloseimas e artesanato dos projetos sociais das pastorais e de grupos de iniciativa da economia solidária estarão no local para receber os visitantes. A feira funcionará das 8h às 22h, nos dois dias, e receberá, ainda, atividades culturais durante a programação.