Impeachment: sessão desta terça deve durar mais de 18 horas

Sessão Impeachment capa

De acordo com as regras definidas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, esta terça-feira (30) deve ser um dos dias mais longos de todo rito do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. No início, às 9h, os advogados de acusação terão 1h30 para apresentar seus argumentos, o mesmo tempo foi reservado para os responsáveis pela defesa de Dilma.

Após essa fase, estão previstas réplica e tréplica de uma hora cada. Com isso, a fase de debates entre os advogados deve durar, ao todo, cinco horas. Encerrados os debates entre os magistrados, incicia-se a de manifestação dos senadores sobre o processo. Cada um terá até 10 minutos para discursar, o que deve fazer com que esta fase atinja 13 horas e meia caso os 81 senadores decidam falar.

Desta forma, segundo apurou o portal G1, a previsão inicial é de que a fase de debates dure 18 horas e meia, sem levar em conta os intervalos previstos para almoço e jantar. A expectativa do presidente em exercício Michel Temer era de que a votação final do afastamento de Dilma fosse realizada até a madrugada de quarta (31), já que o peemedebista tem viagem marcada para a China para participar da Cúpula do G20.

De acordo com o G1, ele não quer viajar para a reunião do G20 como presidente em exercício.Assim, ele deve atrasar a ida à China para aguardar o resultado do julgamento de Dilma.

Fonte: Notícias ao Minuto