Venezuelano é preso por abusar e engravidar a própria filha de 12 anos

Um venezuelano indígena, de 41 anos, foi preso pelo crime de estupro de vulnerável na manhã dessa quarta-feira (7). O mandado de prisão preventiva foi cumprido por volta das 9h, no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus. O crime aconteceu há um mês e a vítima é uma adolescente de 12 anos, – a própria filha do suspeito – que engravidou por conta do incesto.

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), sob o comando da delegada Joyce Coelho, titular da Especializada, recebeu a denuncia e iniciou as investigações desde março.

O crime resultou em uma gravidez indesejada na vítima e, por ser fruto de uma violência sexual, a gestação foi interrompida. Após os procedimentos na maternidade no dia 30 de março, a adolescente foi ouvida na segunda-feira (05), onde confirmou a acusação contra o pai.

“Em seguida, solicitamos o requerimento do mandado para que ele ficasse custodiado e a vítima protegida até o final das investigações. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela juíza Lídia Abreu Carvalho Frota, da Central de Plantão Criminal. Iniciamos as diligências e efetuamos a prisão dele”, explicou a titular.

O suspeito foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos trâmites cabíveis, ele será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.