Inep libera acesso ao cartão de confirmação do Enem

 

cartão - enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) abriu, na tarde desta segunda-feira (27),  o acesso aos cartões de confirmação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para acessá-lo, é preciso informar o CPF e a senha de login no site de inscrições do Enem. O acesso é individual.

O Enem 2014 acontece nos dias 8 e 9 de novembro. Segundo o MEC, o envio dos cartões pelos Correios também terá início nesta segunda-feira. A versão enviada pelo correio é a mesma que pode ser acessada pela internet.

O cartão confirma o endereço e o local de provas de cada candidato, mas não é obrigatório apresentá-lo no dia do exame para poder fazer as provas. Ele também informa se o candidato fará a prova de linguagens com questões em espanhol ou inglês (de acordo com a escolha no ato da inscrição), se ele se inscreveu para o Enem para conseguir o certificado de conclusão do ensino médio e/ou se terá acesso a atendimento especial (no caso de deficientes) ou específico, no caso de gestantes, lactantes, idosos e sabatistas, por exemplo.

Quem não receber o cartão, não conseguir imprimir pela internet ou constatar algum erro no documento deve entrar em contato com o Inep pelo telefone 0800-616161.

Neste ano, o Enem tem mais de 8,7 milhões de candidatos com a inscrição regularizada e que, segundo o Ministério da Educação, poderão participar das provas nos dias 8 e 9. O número é 21% mais alto do que na edição de 2013 do exame.

Realização das provas

Assim como nos anos anteriores, o Enem ocorrerá em dois dias seguidos. No sábado, dia 8 de novembro, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, das 13h às 17h30 (horário de Brasília). No domingo, dia 9 de novembro, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Nessa data, o tempo do exame será mais longo, entre as 13h e as 18h30 (horário de Brasília).

Segundo o MEC, serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Este ano, 785 mil funcionários vão ajudar na realização do Enem, entre coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. Em todo o Brasil, haverá 16,6 mil locais de exame.