Inflação: o que pesou e o que deu uma trégua ao bolso dos brasileiros

cesta-capa

A inflação no Brasil desacelerou de 0,44% em agosto para 0,08% em setembro. A taxa é a menor registrada desde julho de 2014, e a menor para o mês de setembro desde 1998.

De acordo com matéria da Exame, apenas três itens que compõe o índice ficaram mais caros em setembro: habitação, Vestuário e Comunicação.

Alimentação e bebidas, que vinham registrando a maior alta, foram os que mais desaceleraram em setembro (-0,29%). No ano, o segmento registra alta de 8,80%.

No acumulado de 2016, a inflação tem alta de 5,51%. No mesmo período de 2015, a alta foi de 7,64%.

Fonte: Notícias ao Minuto