Iniciada a arrecadação para a 4ª Feira de Livros no Parque Ponte dos Bilhares

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) já deu início à campanha de arrecadação de livros usados em bom estado ou novos para a realização da 4ª edição da Feira do Livro, evento que visa promover o incentivo à leitura e à prática sustentável do reaproveitamento. A feira acontecerá no dia 28 de abril e os livros já podem ser doados na sede da secretaria, localizada na rua do Rubídio, 288, Vila da Prata, zona Oeste ou nas administrações dos Parques Municipais Ponte dos Bilhares, na Chapada, e Lagoa Senador Arthur Virgílio Filho, no Japiim, zona Sul.

Este ano, o Centro Universitário do Norte (Uninorte/Laureate) aderiu à campanha e terá também um ponto de arrecadação de livros no prédio da unidade de Administração, na avenida Joaquim Nabuco, Centro.

A feira acontece em alusão ao Dia Nacional do Livro Infantil, comemorado em 18 de abril, e já integra o calendário oficial de eventos do Parque Ponte dos Bilhares. A iniciativa conta com o apoio do Fundo Manaus Solidária, presidido pela primeira-dama Elisabeth Valeiko, que esteve presente à feira em 2017 e é madrinha do evento. Na edição do ano passado, foram arrecadados 4.168 livros, distribuídos ao público que lotou a Praça da Fogueira, na segunda etapa do parque. Em 2015, a arrecadação foi de 1,5 mil volumes. No ano seguinte, 2,5 mil. Todos distribuídos gratuitamente.

Cada pessoa tem direito de levar para casa até cinco títulos. Este ano, o evento deverá contar com exposição de livrarias e editoras, a presença de escritores, contadores de histórias, grupos de teatro e musicais. A coordenação da feira é do Departamento de Arborização e Paisagismo, da Semmas, responsável pela gestão do Parque Ponte dos Bilhares. Os interessados em doar livros podem levá-los aos pontos de coleta no horário comercial, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Para o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior, a iniciativa da feira de livros é um estímulo a ações de cidadania e práticas sustentáveis. “Estamos incentivando o compartilhamento e a solidariedade, incentivando a população a fazer o bem, que é o lema do trabalho realizado pelo Fundo Manaus Solidária, gerido pela primeira-dama Elisabeth Valeiko”, afirmou Antonio Nelson Júnior.

Além do Fundo Manaus Solidária, a feira conta com o apoio das secretarias municipais de Educação (Semed), de Juventude Esporte e Lazer (Semjel), Fundação Municipal de Cultura Turismo e Eventos (Manauscult),  Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Serviço Social do Comércio (Sesc/AM) e Uninorte/Laureate.

Foto: Arquivo / Semcom