Insegurança: Manaus registra mais de 5 mil roubos somente nos dois primeiros meses deste ano

Foto: imagem ilustrativa

Além dos homicídios e tiroteios que acontecem diariamente, os moradores da capital amazonense também convivem com uma onda de assaltos. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), somente entre janeiro e fevereiro deste ano foram registrados 5.088 roubos. O número de roubos é maior do que no ano passado, quando foram registradas 4.414 ocorrências no mesmo período.

As estatísticas colocam em dúvida a eficiência do programa ‘Amazonas Mais Seguro’ do governador Wilson Lima (UB) que custou mais de R$ 280 milhões dos cofres públicos. Recentemente, Wilson Lima convocou uma coletiva de imprensa para anunciar a compra de novos armamentos para ajudar os policiais no combate a violência.

Mas, até o momento, o que se vê nas ruas em Manaus é o aumento de crimes. Ainda de acordo com os dados da SSP-AM, em primeiro lugar estão os assaltos cometidos contra pedestres com 3.684 casos, em segundo lugar estão os assaltos contra passageiros de ônibus com 514 ocorrências, e em terceiro lugar estão os roubos de veículos com 297 registros. Ainda faltam ser publicados os números referentes aos meses de março e abril.

Traumas

Nessa sexta-feira (20), um passageiro da linha 650, além de ser assaltado também foi agredido pelos criminosos que assaltaram o coletivo. Cenas como estas acabam deixando traumas principalmente em motoristas e cobradores que são assaltados diariamente.

Caso Melquisedeque

A violência dentro dos coletivos de Manaus não leva apenas carteiras e celular, em dezembro de 2021, um criminoso roubou a vida de um jovem indígenas de apenas 20 anos. Melquisedeque dos Santos Vale, mesmo sem reagir, foi morto com um tiro na cabeça durante um assalto da linha 444.

De acordo com os familiares da vítima, o jovem pertencia à etnia Sateré-Mawé, no município de Manaquiri (a 157 km de Manaus) e estava em Manaus há pouco tempo para trabalhar.

Nos últimos quatro anos, a cidade de Manaus tem registrado um aumento expressivo na violência. Somente em 2021 foram mais de mil homicídios na capital amazonense, e no ano de 2022 o número de homicídios poderá ser muito maior caso o Estado não tome uma medida realmente eficaz para mudar o atual cenário da violência no Amazonas.

Confira a lista de dados da SSP-AM