Instrumento gamelão terá concerto especial no Teatro Amazonas

Após ser doado ao Governo do Amazonas pela Indonésia e estrear na ópera “Kawah Ijen – o Vulcão Azul”, na programação do 21º Festival Amazonas de Ópera (FAO), o instrumento indonésio gamelão terá um concerto especial nessa terça-feira (29), no Teatro Amazonas. Para a apresentação, o instrumento será montado em sua forma completa e a entrada será gratuita.

De acordo com o diretor artístico adjunto do FAO, o maestro Marcelo de Jesus, três partes do gamelão não foram apresentadas na “Kawah Ijen” para que fosse integrado junto à Orquestra Amazonas Filarmônica (FAO). “Para este concerto, o gamelão terá mais um jogo de gongos e mais dois de teclado percussivo”, explica.

O grupo “Yogistragong”, com oito percussionistas portugueses comandados pela timpanista Elizabeth Davis, que participou da ópera, vai realizar o concerto, que terá duração média de uma hora, com diversas músicas da cultura Indonésia. “As peças musicais são do folclore indonésio, além de outras músicas originais que foram escritas especificamente para o gamelão”, informa.

Escola em Manaus – Elizabeth Davis coordena o projeto “Gamelão de Java”, em Lisboa, há mais de 10 anos. Desde 1993 é chefe de percussão da Orquestra Sinfônica Portuguesa do Teatro Nacional de São Carlos. Ela ressaltou que este é o primeiro passo para apresentar o instrumento aos amazonenses e dar início a uma escola do gamelão em Manaus.

“O gamelão é um instrumento lindo, com sons relaxantes e harmônicos, que pode ser objeto de estudo de música e também pode ajudar na parte social, trabalhando o foco de crianças autistas, hiperativas, deficientes visuais, promovendo o trabalho em grupo, a confiança, autoestima e muito outros benefícios terapêuticos. Ele é rico e mágico em suas possibilidades”, declara Elizabeth.

Objeto de estudos – Instrumento musical coletivo típico das ilhas de Java e de Bali, o gamelão é composto por xilofones, tambores, gongos, instrumentos de cordas e metalofones. Como parte da ópera “Kawah Ijen”, representando os sons e a cultura indonésia, o gamelão foi doado por intermédio do embaixador da Indonésia, Toto Riyanto.

No sábado (26), em uma cerimônia típica do país do sudeste asiático, realizada no Teatro Amazonas, o instrumento recebeu o nome “Gong Duta Bangsa: Bhineka Tunggal Ika”, que significa unidade na diversidade. Porém, o instrumento recebeu um apelido mais carinhoso e amazonense, “Mano Riyanto”, em homenagem ao embaixador que contribuiu com a confecção e vinda do gamelão a Manaus. Primeiro na América do Sul, o gamelão ficará permanentemente no Amazonas para ser objeto de estudo de músicos amazonenses, brasileiros e de países vizinhos.

Serviço

O quê: Concerto de gamelão no Teatro Amazonas.

Quando: Terça-feira (29), a partir das 20h.

Onde: Teatro Amazonas – Avenida Eduardo Ribeiro, Centro, 659.

Entrada: Gratuita.

Classificação indicativa: Livre.