Integrantes do PSol protestam contra indulto concedido a Silveira

Hugo Barreto/Metrópoles

Integrantes do Partido Socialismo e Liberdade (Psol) foram à Praça dos Três Poderes, na tarde desta segunda-feira (25/4), para protestar contra a graça constitucional concedida pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ao deputado condenado Daniel Silveira (PTB).

Cerca de 20 pessoas carregaram uma faixa com os dizeres “Prisão para Daniel Silveira”. Eles começaram o percurso pelo Palácio do Planalto e passaram pelo do Supremo Tribunal Federal (STF).

“O indulto a Daniel Silveira é um grave ataque às instituições democráticas. Enquanto o Brasil atravessa uma grave crise socioeconômica, Bolsonaro mostra que a prioridade dele é buscar impunidade para os crimes de seus aliados. É uma atitude absurda e ilegal, que precisa de resposta à altura”, afirmou um dos participantes do protesto deputado Fábio Félix (PSol).

O protesto simbólico do partido é contra o decreto do presidente Jair Bolsonaro (PL) que concedeu, em 21 de abril , a “graça constitucional” ao deputado federal Daniel Silveira.

A graça, um perdão concedido pelo Presidente da República, tem o objetivo de extinguir a punibilidade do deputado condenado pelo STF a cumprir 8 anos e 9 meses de prisão em regime fechado.