Inter tenta ‘acordar’ e encerrar jejum em visita ao Bragantino

Foto: DR

Quem almeja conquistar algo em uma competição de pontos corridos não pode ficar um mês sem vitórias. Líder por seis rodadas, o Internacional ganhou pela última vez no Brasileirão em 10 de setembro. Diante do Bragantino, às 21 horas, fora de casa, o time gaúcho tentar “acordar” e iniciar a caça ao líder Atlético-MG.

Depois de iniciar muito bem a competição, os gaúchos deram uma estacionada na classificação ao somar somente dois pontos nos últimos quatro jogos. Perderam a ponta da tabela e a confiança do torcedor.

Os torcedores andam de nariz torcido com o time não apenas por ampliar a série de tropeços no clássico, como “colaborarem” no grupo para o rival Grêmio garantir vaga antecipada nas oitavas de final da Copa Libertadores e a equipe, ainda não.

Rodinei, liberado, disputa a vaga na lateral direita com Heitor, já que o titular Saravia, machucado, só retorna em 2021. Rodrigo Lindoso assume a vaga do suspenso Musto. Do mais, a escalação deve ser a mesma que mostrou força para buscar o 1 a 1 no clássico do último sábado, pelo Brasileirão, com um a menos em campo.

O time se fechou e promete luta para ganhar em Bragança Paulista e amenizar o clima de desconfiança que paira no clube. Os jogadores sabem que passou da hora de o futebol vistoso do começo do campeonato reaparecer.

O retrospecto em Bragança Paulista, contudo, é outro obstáculo a ser quebrado. Jamais os gaúchos ganharam na casa do rival deste noite. Foram somente três jogos, é bem verdade, mas com dois empates e uma derrota.

Pode ser o último jogo no volante Edenilson, que está sendo negociado com os árabes do Al-Ittihad. O Inter já aceitou a proposta, desde que o pagamento seja à vista.