Isso transforma vidas: Festival Transforma leva esportes Olímpicos e Paralímpicos ao Viver Melhor

Viver Melhor Esporte 2

Viver Melhor Esporte 1O Comitê Organizador do Torneio de Futebol Olímpico Manaus 2016 lançou, no sábado, 19 de dezembro, o Festival Transforma em Manaus, no conjunto habitacional Viver Melhor 1, bairro Santa Etelvina, zona norte, em frente à Escola Estadual Eliane Socorro Pacheco Braga. Durante toda a manhã, cerca de 220 crianças e adolescentes entre 4 e 11 anos tiveram a oportunidade de conhecer e praticar modalidades Olímpicas e Paralímpicas.

“Foram diversas práticas que elas experimentaram. Muitas dessas crianças nunca viram esses esportes e agora estão podendo praticar e até se identificar, podendo até se revelarem futuros atletas. Está sendo um grande sucesso esse primeiro festival, envolvendo toda a comunidade e trazendo esse verdadeiro espírito olímpico que é de amizade, união, coragem e superação”, afirmou o coordenador estadual do Comitê Manaus 2016, Mário Aufiero.

Viver Melhor Esporte 5Os participantes tiveram a oportunidade de conhecer e praticar 11 modalidades Olímpicas e Paralímpicas como tênis, tênis de mesa, luta olímpica, judô, atletismo, tiro com arco, atletismo Paralímpico, basquete em cadeira de rodas, futebol de 5. Também esteve presente o mascote olímpico Vinícius, que fez a alegria das crianças e adolescentes.

Criado pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 para promover esportes e valores Olímpicos e Paralímpicos, o evento já passou pelo Rio de Janeiro e Minas Gerais, levando mais de 13 mil pessoas a praticarem esportes. Em Manaus, o programa está sendo desenvolvido pelo Comitê Manaus 2016 em parceria com as secretarias estaduais de Educação (Seduc), Esporte, Lazer e Juventude (Sejel), da Pessoa com Deficiência (Seped) e a Secretaria Municipal de Esportes (Semjel).

O diretor executivo de Operações do Comitê Rio 2016, Marco Aurélio Vieira, que veio a Manaus para prestigiar o lançamento do programa, ressaltou que a educação é uma premissa dos Jogos Olímpicos da Era Moderna. Por isso, o lançamento do Transforma é um compromisso de toda cidade-sede para garantir o legado social do evento.

“É muito importante que a gente não somente desperte a intenção da prática do esporte, mas que também esses valores sejam cultuados. Nós entendemos que isso fará com que a juventude tenha boas práticas”, destacou Marco Aurélio Vieira.

Transforma nas escolas de Manaus

Além dos festivais, o Transforma também está sendo implantado em 50 escolas públicas estaduais. O Comitê Rio 2016 oferece, gratuitamente, materiais didáticos, cursos de formação, capacitações esportivas, desafios escolares e sugestões de conteúdo para aulas. Em setembro deste ano foi realizado o treinamento presencial para professores de educação física e coordenadores pedagógicos que irão atuar no programa. Também foi disponibilizado treinamento virtual para as escolas do interior do Estado que quiserem aderir ao programa, por meio de uma plataforma de ensino a distância (rio2016.com/educacao). A previsão é que os alunos comecem a ter a experimentação esportiva a partir do início do ano letivo de 2016.

Sobre o Transforma

O Transforma iniciou suas atividades em 2013 e tem como objetivo ampliar o cardápio esportivo das escolas públicas e privadas e promover atividades que estimulam valores Olímpicos e Paralímpicos. O programa oferece de forma gratuita, materiais didáticos, cursos de formação, capacitações esportivas, desafios escolares, sugestões de experimentação esportiva e conteúdo para aulas e atividades. Presente em 5.400 escolas e com, aproximadamente, quatro milhões de alunos impactados, o programa atua presencialmente nos seguintes Estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e na capital do Amazonas. Através da plataforma de ensino à distância, já impacta todos os Estados brasileiros e mais dois distritos de Portugal. No município do Rio de Janeiro, o programa já integra o sistema de políticas-públicas. O programa também oferece o Festival Transforma, evento de experimentação esportiva que já se encontra em sua 13ª  edição, oferecendo experimentação em 34 esportes Olímpicos e Paralímpicos. No total, 13.374 pessoas estiveram presentes.