Jogo entre Brasil e Uruguai terá presença de 12 mil pessoas na Arena da Amazônia

O esquema de monitoramento usado na Copa do Mundo de 2014, em Manaus, será utilizado durante a partida

Foto: Divulgação

O jogo entre Brasil e Uruguai, válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, marcado para o dia 14 de outubro na Arena da Amazônia, em Manaus,  terá a presença de 12 mil pessoas. A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira (22), pelo governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), durante coletiva.

De acordo com o governador, serão 8 mil pagantes e 4 mil convidados, entre eles pessoas que seriam homenageadas. Wilson Lima falou que os convidados devem ser da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Em pronunciamento, Wilson Lima disse que a partida entre Brasil e Uruguai terá o sistema de monitoramento usado na realização da Copa do Mundo, no ano de 2014, em Manaus. “Vamos montar aquela estrutura de monitoramento que foi usada na Copa do Mundo em torno da arena. O tráfego de veículo será interditado como foi no último torneio. Estamos aprimorando com a CBF a imunização completa dos participantes do evento”, falou.

Atualização do decreto

O decreto governamental com relação à pandemia da Covid-19 foi atualizado. Segundo o governador, eventos com a participação de até 500 pessoas foram liberados e, além disso, os supermercados e postos de combustíveis vão funcionar durante 24 horas. Não está autorizado o consumo de produtos nesses locais.

Com isso, o local que vai receber os eventos deve ter 75% da lotação máxima permitida e o acesso na pista de dança segue proibido. É necessário que o cartão de vacinação contra a Covid-19 seja apresentado com, pelo menos, a primeira dose do imunizante contra a doença e a segunda dose não deve estar atrasada.

O decreto explana que a quantidade de músicos no palco será limitada, com o uso de máscaras, álcool em gel e o distanciamento. O proprietário do estabelecimento será responsável por fazer a fiscalização das medidas de segurança contra a Covid-19.

Dados da Covid-19

Conforme dados da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), os números relacionados a novos casos, hospitalizações e óbitos por Covid-19 no Amazonas seguem em ritmo de queda. Ao realizar um comparativo do período de 1º e 20 de setembro dos anos de 2020 e 2021, a redução no número de casos da doença chega a 84%.

Em hospitalizações, a diminuição registrada foi de 93%, na comparação entre os dias 1º a 16 de setembro de 2020 e 2021. Em relação a óbitos por Covid-19 a queda foi de 80% na comparação do dia 1º ao dia 18 de setembro dos dois anos.