José Ricardo questiona vinda do vice-presidente dos EUA à Manaus

O deputado José Ricardo (PT) questionou, nessa quarta-feira (27) o real motivo da visita à capital do Amazonas do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, onde conheceu um abrigo de imigrantes venezuelanos que buscam melhores condições de vida na cidade. Ele relembrou da frase do ex-presidente Lula que afirmava que o Brasil deve acabar com a Síndrome do “Vira-Lata”, quando se compara com outros países.

“O nosso País é rico. Precisa é de muito investimento em áreas prioritárias, como educação, saúde, moradia, saneamento, segurança. A nossa economia é forte. O problema não é o País, não é o povo, que tem dignidade e merece respeito. Mas sim os governantes, principalmente, o atual presidente que aplicou um golpe, que continua retirando direitos dos trabalhadores e entregando as nossas riquezas para os estrangeiros, para os americanos”, disparou.

Para o deputado, o vice-presidente dos EUA está aqui atrás dos seus interesses, já que as riquezas brasileiras e amazônicas são cobiçadas pelo mundo inteiro. “É a interferência dos Estados Unidos no mundo e mostrando que trabalhou forte para que o golpe acontecesse. Não foi só para tirar uma presidenta eleita; não foi só para tirar o PT. Foi para desmontar uma série de conquistas do povo”.

Ele lembrou que a primeira medida do Governo golpista foi passar o Pré-Sal para os interesses estrangeiros, dos EUA. “O vice-presidente não vem à toa. Veio visitar a Base da Alcântara, no Maranhão, diante do acordo comercial entre os governos americano e brasileiro para a construção de estruturas de lançamento de foguetes espaciais dos EUA nesse local. Eles também têm interesse na Amazônia”, disse José Ricardo, ressaltando que o satélite construído e que colocaria internet para toda a Amazônia será entregue aos estrangeiros.

“Tem ainda a venda de ações de uma das maiores empresas, construtoras de aviões no mundo, a Embraer, e que foi repassada para a Boeing, norte americana. O espaço aéreo brasileiro, Amazônia Azul, foi agora liberado para que os Estados Unidos possam passar com seus aviões militares em toda a costa brasileira. É um golpe que tinha um objetivo: entregar as nossas riquezas”.

Quanto à pauta do Governo americano em relação à situação dos venezuelanos, o parlamentar comentou que eles querem passar preocupação diante desse assunto, mas esquecem das mais de 50 crianças brasileiras enjauladas nos Estados Unidos, numa clara violação de direitos humanos de imigrantes.

“Estão tratando essas crianças como animais. Eles têm que cuidar do território deles. Não podemos aceitar vir aqui no Brasil para tentar impor o que temos que fazer com relação à política com os nossos vizinhos. Não somos vira-lata. Temos que acabar com isso. Temos que cuidar do nosso país e lutar pelos investimentos e pela manutenção dos direitos de todos e todas”, finalizou.

Com informações da assessoria do deputado