Anúncio Advertisement

Josué Neto se reúne com secretário da Sefaz para tratar da execução das emendas parlamentares

Foto: Filipe Augusto.

O deputado estadual Josué Neto (PSD) e o secretário de Fazenda do Amazonas, Alex Del Giglio, se reuniram, nesta segunda-feira (7), para tratar da execução das emendas parlamentares em 2019.

De acordo com Josué, que atualmente é presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) na Casa Legislativa, uma das principais finalidades do encontro foi dar o pontapé inicial em um novo tempo que se inicia na política do Estado e principalmente fortalecer o diálogo, harmonia, respeito e a aproximação entre o Poder Executivo e o Legislativo.

“Tratamos de algo muito importante para todos os deputados e acima de tudo para a população do nosso Estado, que é a execução das emendas impositivas. Acreditamos que o fortalecimento do diálogo, a harmonia e aproximação entre os Poderes é o caminho que beneficia as pessoas, uma vez que quem ganha com a execução dessas emendas é o povo, seja do interior ou da capital”, disse o deputado.

O secretário da Sefaz disse que acredita numa aproximação maior entre a Sefaz e a Assembleia nos próximos anos e que a Secretaria pretende não apenas ajudar para que as propostas dos parlamentares sejam executadas, mas orientar cada deputado sobre o andamento de suas emendas.

“O objetivo é que a partir de hoje possamos alinhar as nossas ações, sobretudo no que se refere ao orçamento para que a gente avance com sistemas e com toda a parte de controle com a finalidade que as emendas impositivas sejam executadas da melhor forma possível. Isso é algo inovador, a gente começa com essa parceria que vai ser muito boa e a ideia é avançar com outras parcerias para as mais diversas áreas”, disse o secretário de Fazenda, Alex Del Giglio.

Coordenadoria

Um dos assuntos tratados na reunião foi a criação da Coordenadoria de Acompanhamento, Elaboração e Execução das Emendas Parlamentares, proposta que deve ser implantada na Assembleia neste ano. A comissão tem como objetivo acompanhar as propostas pelos deputados e Sefaz, para um controle atual das emendas.

“Um dos objetivos é facilitar o acesso à informação durante a tramitação das emendas na Sefaz. Conversamos muito sobre os prazos, uma vez que a partir do segundo trimestre as emendas começam a ser executadas, e a conversa foi com essa finalidade de proporcionar aos colegas deputados o acompanhamento real da tramitação de suas emendas”, explicou Josué.

Com informações da assessoria do parlamentar.