Jovem devolve para dona iPhone furtado que comprou pela internet

celular-devolvido

O analista de marketing Arthur Pacini, de 24 anos, comprou um iPhone 5 através de um site de vendas e ao ligá-lo percebeu que o aparelho era, na verdade, um telefone furtado. A compra foi feita na segunda-feira (25) e, desde então, ele se dedicou a procurar o possível proprietário.

Arthur conta que pouco antes havia perdido o seu celular, um iPhone 5c, em um golpe quando tentava vendê-lo através do mesmo site de vendas online. “A pessoa disse que faria o depósito. Mas fez com um envelope vazio. O banco, por um erro, registrou e eu entreguei o celular. Fiquei sem ele e sem o dinheiro”, conta o analista.

Para tentar amenizar os danos, ele decidiu procurar um novo iPhone por um valor menor. Voltou, então, ao mesmo site de vendas. “Fui em busca de um mais barato e encontrei esse para vender. Combinei com o vendedor e fui encontra-lo. Verifiquei o aparelho e não notei nenhum sinal de que poderia ser roubado”, explica.

Sem que ele notasse, o homem em questão trocou o produto por outro. “Na hora eu nem percebi. Quando eu fui entregar para a minha namorada, ele não desbloqueava de jeito nenhum. Quando eu finalmente consegui, eu abri e vi que tinham fotos de outra pessoa nele”.

Artur começou a buscar pelo dono do aparelho que havia comprado. “Eu pensei ‘bom já me ferrei duas vezes, vou fazer uma boa ação’. Fui em busca da pessoa, mas tudo nele estava apagado. Precisava ter uma parte boa nessa história e eu só fiz o que era certo”.

Após buscar por todo o aparelho, ele conseguiu encontrar o email do possível proprietário e o utilizou para localizar a pessoa no Facebook. “Vi que tínhamos dois amigos em comum, então, comecei a mandar mensagem. Depois de um tempo, ela retornou”.

A pessoa em questão era da designer gráfica Evelyn Leine Gargiulo, de 29 anos. Ela havia sido furtada no sábado (23), dentro do ônibus em que estava a caminho do centro da capital paulista. Quando viu a mensagem avisando que haviam encontrado seu celular, não acreditou. “Na hora você acha que é mentira. Liguei para ele e ele me contou a história, eu comecei a chorar”.

Eles combinaram de se encontrar no trabalho de Arthur e fizeram a troca. “Estamos tão acostumadas a coisas ruins, que quando faz algo assim você simplesmente não acredita”, afirma Evelyn. Ela fará aniversário no próximo sábado (30) e diz que não poderia receber presente melhor.

O objetivo dela agora é juntar dinheiro para comprar um celular novo para ele. “Eu e uns amigos estamos tentando fazer uma vaquinha online para recuperar o dinheiro que ele perdeu. É o mínimo que posso fazer”. Na noite de quarta-feira (26), ela começou a arrecadar a verba pela internet.