Jovem é presa ao ser flagrada negociando morte do marido com assassino de aluguel

assassina

Uma jovem de 21 anos foi presa, nos Estados Unidos, depois de ser flagrada planejando a morte do marido. Julia Merfeld contratou um assassino de aluguel, mas não imaginava que se tratava de um policial disfarçado. O agente filmou toda a conversa, divulgada nesta terça-feira pela emissora americana ABC News.

O policial perguntou que motivo ela teria para encomendar o assassinato. Bastante calma e até sorridente, ela respondeu que não queria passar pelo aborrecimento de uma separação.

– Seria mais fácil do que me divorciar dele, por mais terrível que isso pareça. Eu não queria ter que me preocupar com a minha família julgando. Eu não queria ter que me preocupar em partir o coração dele – justificou a moça, que tem dois filhos.

Clique aqui e assista ao vídeo.

O verdadeiro motivo, exposto depois pela polícia, era o seguro de vida do marido, de 400 mil dólares. Julia já havia concordado em usar parte do dinheiro para pagar 50 mil dólares pelo serviço do assassino de aluguel. Ela queria que o crime parecesse com um assalto malsucedido.

Julia e o policial disfarçado chegaram discutir se ela gostaria de enterrar o marido com o caixão aberto ou fechado. “Não gostaria de caixão aberto”, respondeu Julia.

A polícia descobriu os planos de Julia por meio de uma denúncia. A jovem contou a ideia para um colega de trabalho, que levou a sério o que tinha ouvido de Julia e fez contato com a polícia. Agora, ela pode ser condenada a seis anos de prisão, ou até mais. Já o marido disse que não quer que a mulher vá para a cadeia.