Jovem que roubou motocicleta avaliada em R$ 13 mil é preso

Gabriel Araújo da Silva, de 20 anos, foi preso na última quarta-feira (18), por Policiais civis do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Ele é acusado de envolvimento em roubo de uma motocicleta de marca Honda, modelo Bros 160, cor preta, avaliada em aproximadamente R$ 13 mil. Toda a ação criminosa aconteceu em via pública, no bairro São José, zona leste da capital.

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, titular da unidade policial, no dia do delito, Gabriel e o comparsa, Elisandro Oliveira do Nascimento, que já foi preso pela equipe do 13º DIP no dia 26 de agosto deste ano, abordaram a vítima, um homem de 49 anos. Na ocasião, Gabriel portava uma arma de fogo e, por meio de ameaças, a dupla subtraiu a motocicleta.

“Por meio de denúncias anônimas feitas ao número (92) 99292-1015, o disque-denúncia do 13º DIP, obtivemos a localização deles. Ao chegarmos ao local, os dois perceberam nossa aproximação e, imediatamente, abandonaram a moto e empreenderam fuga do lugar, escondendo-se num matagal naquela região. Então, apreendemos o veículo e o devolvemos, no dia seguinte, ao proprietário”, relatou Cunha.

O titular do 13º DIP explicou que, durante as investigações, foram constatadas as identidades dos envolvidos no crime e, a partir disso, foi solicitado à justiça o pedido de prisão em nome de Gabriel e Elisandro. A ordem judicial foi expedida no dia 16 deste mês, pelo juiz de Direito Alcides Carvalho Vieira, do Plantão Criminal.

Prisão

Ricardo Cunha explicou que, após a prisão de Elisandro, as diligências continuaram no sentido de localizar e prender Gabriel. “Durante as investigações, constatamos a localização exata do segundo infrator. Nós nos deslocamos até a casa de familiares dele, situada na rua Áustria, conjunto Parque das Nações, bairro Flores, zona centro-sul da capital, onde encontramos e prendemos o indivíduo”, disse Ricardo Cunha.

Gabriel foi indiciado por roubo majorado. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio do 13º DIP, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria da PC-AM.