Justiça eleitoral fará convênios para revisão biométrica do eleitorado do Amazonas

O vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), desembargador Aristóteles Thury, anunciou, nessa terça-feira (16), que o tribunal fará convênios com prefeituras, Exército e Governo do Estado para revisar o eleitorado do interior do Amazonas.

A iniciativa conjunta prevê, ainda, beneficiar os moradores de comunidades rurais isoladas no interior do Estado com outros documentos indispensáveis para o exercício da cidadania.

Segundo o desembargador, o convênio, a ser firmado pela presidência oportunamente, deve prever a destinação de mão de obra e tecnologia para atender essa demanda, cuja logística de acesso é mais complexa. “Não há obstáculo intransponível quando se trata alcançar o eleitor, mesmo porque o Tribunal do Amazonas tem bastante expertise no que faz”, disse o vice-presidente do TRE-AM, desembargador Aristóteles Thury.

Revisão

A iniciativa prevê a revisão biométrica dos eleitores de comunidades de difícil acesso e foi anunciada durante reunião com o prefeito de São Gabriel da Cachoeira, Clóvis Curubão, e o vice-governador Carlos Almeida.

Após ouvir aos relatos do prefeito, o desembargador Aristóteles Thury ressaltou que é do interesse da presidência alcançar 100% do eleitorado do interior.

Com informações do TRE-AM.