Justiça Federal obriga Ministério da Saúde a enviar 40 mil vacinas para imunizar professores em Manaus

Foto: divulgação

Após decisão da Justiça Federal, o Ministério da Saúde terá que enviar mais 40 mil doses de vacinas que estiverem em estoque para imunização de professores da rede pública de Manaus (incluindo ensino superior) que estão pendentes e não tenham se enquadrado em nenhum outro grupo. A medida foi publicada nessa quarta-feira (12) pela juíza federal Jaiza Fraze.

O pedido das doses foi feito pela pela Prefeitura de Manaus, por meio da Procuradoria Geral do Município(PGM) e tem como objetivo garantir a segurança dos educadores municipais (que retornarão ao formato de ensino híbrido no próximo dia 18), estaduais e do nível superior em uma futura volta do ensino presencial.

A decisão que contemplará a classe dos educadores foi comemorada pelo deputado Serafim Corrêa que a classificou a medida como clara e racional. “Isso evitará um novo ciclo de contaminação”, apontou o parlamentar.

Confira decisão