Juventude bate-papo com Eduardo e Marcelo

Em reunião com jovens, na manhã desta quarta-feira (26), em Manaus, o candidato a governador Eduardo Braga (PMDB) se emocionou ao ouvir o relato de jovens beneficiados com o Programa Jovem Cidadão e garantiu que, se eleito, o programa será novamente uma prioridade de seu governo.

O programa, que atendeu 120 mil pessoas com formação técnica e cultural no contra-turno das atividades escolares, teve impacto transformador na vida de jovens como o músico Marcos Oliveira, 25. Hoje músico formado, ele descobriu sua vocação para a profissão que escolheu durante as atividades promovidas pelo programa.

“Fui aluno do projeto, mais tarde estagiário e depois instrutor. Hoje sou formado pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), sou concursado, e posso dizer que foi o projeto que me deu oportunidade dentro daquilo que eu gostava. O Jovem Cidadão fez parte da minha vida e continua fazendo”, disse Marcos.

Ao lado do candidato a vice-governador da coligação União pelo Amazonas, Marcelo Ramos (PR), que também participou do evento, Eduardo manifestou sua alegria em ver de perto os resultados que políticas públicas de sua gestão tiveram sobre a sociedade amazonense.

“Queria dizer da minha alegria de ouvir os testemunhos do Jovem Cidadão, porque eu acredito sinceramente que uma das maneiras de dizermos não as drogas, não à falta de oportunidade, é exatamente investindo em atividades para os jovens. O Jovem Cidadão é um programa que investe na juventude porque investir na juventude é investir no futuro”, declarou Eduardo.

Sempre à vontade no meio da juventude, Eduardo ouviu demandas, respondeu perguntas e apresentou suas propostas de governo para a saúde, geração de emprego e renda, cultura e segurança pública, educação e combate às drogas. “Queremos, nestes próximos 15 meses, fazer uma correção nos rumos das políticas públicas do Amazonas”, resumiu.

PLANO DE EMERGÊNCIA

O Plano de Emergência da coligação União pelo Amazonas aborda principalmente cinco áreas: segurança, saúde, educação, geração de emprego e política social. Na saúde, a meta é zerar as filas de consultas, exames e cirurgias em até 120 dias por meio de mutirões de saúde, assim como reabastecer os hospitais com remédios e material químico-cirúrgico no mesmo prazo.

Na segurança, a valorização do policial e a estruturação da polícia será o caminho para tornar o aparelho policial mais presente e atuante nas ruas. A desoneração de impostos como o ICMS da cesta básica e outros produtos de 14% para 1% irá estimular a economia, aumentando o consumo e gerando renda. Na política social, projetos como o Bom de Bola, que buscava dar oportunidade para talentos do esporte, desviando-os de maus caminhos, também voltará.

Foto: Divulgação

Assessoria de Comunicação

Esta matéria é de total responsabilidade do candidato

Agenda: (27/07)

EDUARDO BRAGA

Viagem ao interior do Amazonas

MARCELO RAMOS

Reuniões internas
Viagem a Humaitá