Kassab ameaça intervir no PSD do Amazonas diante do “cabo de guerra” eleitoral

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, estaria propenso a intervir no partido no Amazonas diante do “cabo de guerra” eleitoral que tem de um lado, Omar Aziz, apoiando a candidatura do ex-governador e ex-prefeito Amazonino Mendes (PDT) e, do outro lado, os deputados estaduais e federais do partido no Amazonas insatisfeitos com a escolha de Omar e apoiando o governador interino Davi Almeida, também do PSD, para candidato da sigla.

Essas informações acabaram de chegar ao Radar através de uma fonte em Brasília. Na manhã dessa segunda-feira, esse mesmo interlocutor já tinha contado ao Radar sobre a existência de um racha no partido. “O senador Omar Aziz insiste no apoio do partido à candidatura de Amazonino Mendes, mas os parlamentares do partido não querem. Eles não entram em rota de colisão com Omar mas já manifestaram, inclusive para Kassab, que estão insatisfeitos com a forma como Omar está conduzindo a questão , de cima pra baixo, ordenando e eles (deputados) tendo que obedecer”, contou a fonte.

Segundo ele, tanto vereadores, quanto deputados estaduais e federais, sem exceção, estariam defendendo a candidatura de Davi Almeida. E euzina pergunto: Mas um senador (Omar Aziz) não teria mais força do que um deputado estadual (Davi Almeida) diante da Executiva do partido em nível nacional? E a fonte responde: “Mas não esqueça que o deputado estadual agora é governador”. Verdade, né gente? (Any Margareth)