Lancha de suspeito preso seguiu barco de jornalista e indigenista

Policiais afirmaram que o suspeito foi visto perseguindo barco de Dom Phillips e de Bruno Pereira em Atalaia do Norte, no Amazonas

Policiais militares responsáveis pela prisão de Amarildo da Costa de Oliveira, de 41 anos, conhecido pelo apelido de Pelado, afirmaram ao jornal O Globo que a lancha do investigado foi vista perseguindo o barco do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, após ambos deixarem a comunidade Ribeirinha São Rafael.

De acordo com as investigações, Pelado estaria acompanhado de mais quatro suspeitos que estão sendo procurados pela Polícia Militar do Amazonas.